Inova+Saúde premia ideias inovadoras na 49ª Convenção Nacional Unimed

Ideias inovadoras e práticas que contribuam para a sustentabilidade do setor da saúde no País. Com esse objetivo, a Seguros Unimed realizou na manhã dessa quinta-feira (03), em Natal/RN, a entrega da premiação aos vencedores do 5º Prêmio Inova+Saúde. A iniciativa da seguradora premia cases de sucesso entre as cooperativas do Sistema Unimed. A cerimônia aconteceu no Centro de Convenções da capital potiguar durante a programação da 49ª Convenção Nacional Unimed, maior evento da agenda anual do Sistema Unimed, que reúne as principais lideranças do país para importantes reflexões sobre o futuro do setor.

Neste ano, 175 novos trabalhos concorreram ao Prêmio Inova+Saúde, e 20 finalistas foram classificados entre as quatro categorias: Gestão de Pessoas, Marketing, Sustentabilidade e Epidemiologia, Saúde e Bem-Estar. A premiação reconheceu ainda o ‘Case do Ano’ e o ‘Case de Inovação Digital’, além do vencedor pelo ‘Voto Popular’. O prêmio para os vencedores será uma viagem para Paris. De acordo com Helton Freitas, presidente da Seguros Unimed, a inovação tem papel fundamental para a sustentabilidade do sistema. “Em sua 5ª Edição, o Prêmio Inova+Saúde, além de reconhecer os melhores trabalhos, também é um polo para troca de experiências, pois o conjunto dos trabalhos é um retrato de que as cooperativas buscam os melhores caminhos para a sua jornada de inovação”, disse ele.

Entre os prêmios, o grande destaque desse ano ficou para a Unimed Cascavel que foi a grande vencedora na categoria Gestão de Pessoas e também foi escolhida pelo júri técnico como o Case do Ano com o “I Hackathon Unimed Cascavel”, projeto que promoveu um espaço de inovação aberta durante três dias, reunindo estudantes e startups do Paraná para trabalharem na busca conjunta por soluções que visassem agregar valor para os clientes, colaboradores, fornecedores e cooperados.

 

Vencedores do Prêmio Inova+Saúde 2019 durante 49ª Convenção Nacional Unimed

Quando o assunto foi marketing, o grande vencedor do ano foi a Unimed Guarulhos com o projeto Incentivador, uma solução multiplataforma que tem como objetivo aumentar o número de vendas da cooperativa com base em livre indicação e aprimorar o relacionamento com o corretor. Segundo Raphael Godoi, consultor de desenvolvimento e inovação da Unimed Guarulhos, o principal destaque do projeto se dá no fato dele ser disruptivo. “Costumo dizer que o Uber está para o taxista, assim como o Incentivador está para o corretor no nível de concorrência. Pelo fato da nossa ideia ser disruptiva e algo inovador, ganhou destaque entre os jurados”, explica.

Outro prêmio de grande importância no 5º Prêmio Inova+Saúde foi o Case de Inovação Digital, pois ele veio ao encontro do tema ‘Uma Jornada para o Futuro’ que a Unimed trouxe para a sua 49ª Convenção Nacional. A Unimed Federação do Estado do Rio de Janeiro foi a grande vencedora com o case “Sistema de Oncologia: Monitorando e Acompanhando o Paciente Oncológico”. O trabalho mostra que foi criado um Sistema de Oncologia para auxiliar as Singulares a avaliar e melhor atender os usuários com câncer, analisando solicitações realizadas por prestadores, tanto do ponto de vista técnico quanto regulatório. É uma ferramenta de gestão, de auditoria e de avaliação continuada.

Além desses, foram premiados na trilha de Epidemiologia, Saúde e Bem-Estar a Unimed BH, com o case Identificação de Comorbidades em Base de Dados, e a vencedora do ‘Voto Popular’ foi a Unimed Volta Redonda, com o case Live Kids.

Na trilha da Sustentabilidade, a vencedora foi a Unimed Santa Catarina, com o Programa de Esporte Comunitário que atinge mais de 4 mil crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade no estado e que não teriam oportunidade da prática do esporte, proporcionando qualidade de vida e discussão de temas como cidadania, ética, respeito e cooperação. Para Aline Beber Moreira, gerente de desenvolvimento humano e organizacional da Unimed SC, tirar as crianças e adolescentes da situação de vulnerabilidade através da prática esportiva e envolver as famílias no projeto são algumas das riquezas do programa. “E ele tem uma capilaridade enorme. A federação não faz isso sozinha. É a norteadora. Isso foi o que chamou a atenção nos jurados. A possibilidade de replicar o projeto, ele pode ser realizado por Unimeds pequenas ou grandes, pode ser adaptado conforme diferentes realidades”, incentiva.

Voltar